Coworking: como criar esse espaço em seu condomínio

Que o trabalho remoto é uma realidade cada vez mais comum é um fato perceptível. Situação interessante tanto para diversos trabalhadores quanto para empresas e que, com a pandemia, o processo de implantação desse modelo de trabalho ficou ainda mais acelerado.


No entanto, como em todas as decisões, existem os seus pontos que precisam de ajustes. Muitos são os comentários de dificuldade de concentração no chamado "home office", seja pela rotina familiar interferindo no momento profissional ou pelo ambiente em si. Pensando nisso, espaços projetados para atender a essa demanda de trabalho em casa, sem necessariamente estar em casa, também têm crescido.


Então, um lugar onde várias pessoas podem trabalhar remotamente, porém fora de casa, com espaços para convivência e criação de contatos profissionais (o famoso networking), foi criado: o coworking. E, com isso, mais uma tendência tem sido crescente, o espaço coworking dentro dos condomínios.




E como criar esse espaço?


Implantar essa função no condomínio além de ser um atrativo também é uma forma confortável de evitar conflitos entre moradores, uma vez que o barulho do vizinho pode incomodar uma reunião ou a concentração. Para isso, são necessárias algumas medidas:



1. Assembleia Geral


Essa implantação precisa ser aprovada em assembleia para que se inicie a execução. Ao menos 2/3 dos condôminos precisam votar a favor da novidade, segundo o Código Civil.


Ter em mãos o projeto desse espaço, bem como os custos que serão necessários e uma lista com as vantagens para o condomínio facilitam nesse primeiro passo. Caso aprovado, vamos a segunda etapa.



2. Estrutura


É indispensável uma estrutura física ampla e que comporte diversos condôminos confortavelmente. A ideia é que eles se sintam à vontade e concentrados, portanto a apresentação visual desse espaço precisa ser acolhedor e organizado. Justamente por conta do seu objetivo, aqui estão alguns itens indispensáveis para a construção:


  • Bancadas

  • Cadeiras

  • Água

  • Energia Elétrica

  • Boa rede de internet

  • Banheiros

  • Impressoras e copiadoras

  • Tomadas

  • Prateleiras

  • Mesas


A caráter de sugestão, é interessante incluir uma copa no projeto, com microondas, frigobar, gavetas e espaço para pequenas refeições para assim incentivar a conversa entre os moradores e, assim, o networking.



pessoas trabalhando em espaço coworking do seu condomínio em home office
Coworking: como criar esse espaço em seu condomínio


3. Internet


Um ponto tão importante que já é citado mais uma vez. Uma rede de internet que comporte o uso coletivo da mesma e ainda assim mantenha uma boa conexão é indispensável em um espaço coworking.


A sugestão é o contrato de duas fontes de internet de operadoras diferentes, ambas de alta velocidade. Assim, na falta de uma, a outra salva o dia.



4. Regras são regras


Como em todo espaço comum, o coworking também precisa de normas que regulamentem o uso e sejam conhecidas pelos moradores. Horário de uso, limpeza, reserva da sala, regras de convivência... O essencial aqui é garantir o melhor aproveitamento possível do espaço de forma justa.



 


E então? O que acha de implementar um espaço coworking no seu condomínio? Para essas e mais ideias e matérias sobre administração, acompanhe o nosso blog.